segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Gregor, o guerreiro da superfície



Conheci o livro quando a editora, Galera Record, estava sorteado um exemplar. Não participei, mas resolvi ler o primeiro capítulo que a editora disponibilizou no site, o que me convenceu a comprar o livro depois de um tempo.

“No livro conta a história de Gregor, um menino de 11 anos que mora com duas irmãs mais novas, Boots, de 2 anos, e Lizzie, de 7 anos. Uma avó que vive em um mundo à parte e a mãe que trabalha em dois empregos diferentes, já que o pai desapareceu há dois anos.
A ‘diversão’ começa, quando Gregor tem que passa suas férias em casa cuidado de Boots e da avó, enquanto a mãe tem que trabalhar e Lizzie tem que ir para um acampamento, onde Gregor também deveria ir. Isso leva ao menino a levar sua irmã até a lavanderia do prédio onde mora.
Como podemos imaginar qualquer criança de 2 anos, que não para quieta no lugar. Boots encontra um duto de ventilação, onde acaba caindo junto com seu irmão, que tenta socorrê-la.
Os dois vão parar no Subterrâneo, onde encontra criatura nada amigável aparentemente. Como baratas, ratos, morcegos e aranhas gigantes. E é claro que há também os habitantes, que acreditam que Gregor é o guerreiro de uma antiga profecia.
Apesar de que o menino não acredita muito nisso, ele decide ajudar após saber que seu pai pode está vivo e que esse seja o único meio de encontrá-lo.”

A parte do livro que gostei é quando você acha que está tudo realmente sério, sempre tem a Boots para descontrair a situação. E ela também acaba ajudando, mesmo só tendo 2 anos e não sabendo muito bem o que anda acontecendo.
Há também os habitantes do subterrâneo, como a ‘rainha’ Luxa, uma garota que tem quase a mesma idade que Gregor. Mesmo achando Luxa seria demais e, às vezes, um pouco chata, a menina acaba sendo legal em algumas situações.
Também há o Vikus, é ele que acredita realmente que Gregor possa ser o tal guerreiro da profecia.
Achei que a autora, Suzanne Collins (sim, a mesma autora de Jogos Vorazes) devia ter explorado mais Regalia (a cidade onde os habitantes mora) e contado mais como as pessoas foram viver naquele lugar. Mesmo assim, a autora detalha o local e de como as pessoas vivem por lá muito bem.
E um último detalhe: ainda estou lendo Jogos Vorazes, mas posso afirmar que em Gregor tem o mesmo seguimento de dividir o livro em três partes. A única diferente fica por conta da narração, quem em Gregor é narrado em 3° pessoa e em Jogos Vorazes em 1° pessoa.
Agora só resta saber se Gregor vai ganhar uma edição cinematografia.


3 comentários:

  1. :O outro livro da Suzanne! Decididamente preciso ler. Como li a trilogia Jogos Vorazes e gostei do estilo dela, esse livro deve ser bom. Principalmente por se passar no subterrâneo, adoro temas assim ♥

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser muito bom, adorei a sinopse, parece ser bem detalhado e co muitas surpresas !
    Beijos ♥
    fairiesdancing (.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser muito bom... Fiquei interessada, ah estou seguindo aqui

    Sweet Teen

    ResponderExcluir