terça-feira, 16 de abril de 2013

Não me leve a mal...


Não me leve a mal, mas não ando no meu estado perfeito. Andei desanimada, sem motivação, inspiração e talvez até cansada de tudo isso. Pensei em dá um tempo, porém sei que isso não passa de mais uma fase ruim.
São tantas coisas, tantas responsabilidades... Sinto que não estou muito preparada para tudo isso.
Então é nesse momento que pego minha única mochila, coloco algumas roupas, um mapa, meu livro preferido, meu diário, minha câmera fotográfica e algumas economias. Visto uma roupa confortável, calço meu velho all star e pego meu óculos de sol para um charme a mais. Deixo uma carta sobre a mesa da cozinha dizendo: ''Vou ficar bem, não se preocupe''. E saio pela porta.
E tudo que busco nesse momento é só um pouco mais de diversão sem ter que me preocupar com essa tal responsabilidade. Pois concordamos, não sou boa nisso.
Se quiser ir comigo, vou logo dizendo: não tente me prender. Podemos pegar um carro emprestado, onde vou ficar cantando todas as músicas do radio e dançando no banco. Com certeza vamos parar em um desses postos de gasolina no meio da estrada, que tem uma lanchonete e um banheiro limpo (de preferência, né), onde vou comer uma porção de batatas fritas e um hambúrguer sem culpa.
Eu espero que chova, assim podemos dançar e cantar no meio da chuva como duas pessoas que só querem curtir o melhor da vida. E caso nós nos apaixone, vamos fazer como nos filmes. Beijo na chuva, uhu.


Quero aproveitar essa viagem maluca e entrar no camarim daquela banda que tanto amo. E caso o segurança não deixar, vamos dá um jeito nisso sem problema.
Vamos aproveitar e andar a cavalos na volta de casa, mas tenho a impressão que essa volta talvez possa demorar.
Talvez vamos acabar não usando o mapa, mas com certeza vou anotar cada detalhe no meu diário e registrar na câmera.
Por outro lado... Se não quiser ir comigo, não tem problema. Mas não fique preocupado, eu sempre volto quando surgi novas motivações e inspirações, quando finalmente o desanimo e cansaço desaparece. E o mais importante, quando sinto que só capaz de outra vez de encarar as responsabilidades.


4 comentários:

  1. Que texto lindo. Super imaginei uma garota saindo da casa do namorado e indo buscar novas aventuras.

    ResponderExcluir
  2. Que texto mara *-* Você descreve super bem as coisas

    Sweet Teen

    ResponderExcluir
  3. Achei muito lindo seu texto *-* bem feito e inspirador ... realmente nos faz imaginar ... maravilhoso dom!!!

    Quando puder dá uma passadinha no meu blog, tem posts novos por lá...você e seus leitores serão recebidos de braços abertos por mim.

    http://sorriso-jovem.blogspot.com.br/

    Beijinhos de Morango!

    ResponderExcluir
  4. Você escreve muito bem, vc deveria mandar seu texto par ao email da Bruna vieira bjs!

    nossoblogsecreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir