quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Isso não é um adeus


Já escrevi vários textos com o mesmo significado, mas nenhum conseguir expressar o que penso e o que sinto. Talvez porque desistir ou porque não tem sentindo de continuar com certas coisas. Acredito que possa ser essa ultima.

Desde quando tudo se tornou tão repetitivo e chato? Desde quando eu não vejo mais graça nas coisas que escrevo ou leio?

Posso ser movida a novidade, por ouro lado acabo cansando dessas coisas tão rápido quando um dia tem para começar e terminar. Ou seja, o que se torna novidade para os outros, vira antiguidade para mim.

As coisas pelas quais me identificava ou motivava a continuar, hoje já não significa nada para mim. Nada de bandas favoritas, nada de camisetas dessas bandas favoritas e nada de pôsteres colados na parede. Tudo isso já não me representa, não vejo graça nas novidades e os enterrei.

Gostaria de contar essa experiência mais detalhadamente, falar sobre meus projetos, continuar com meus textos e dizer o que ando fazendo. As idéias são muitas, mas acredito que para continuar a escrever teria que envolver uma paixão incondicional e nesse momento não deve passar por cima das minhas obrigações, deveres e as coisas que busco. As que realmente importam.

Talvez eu esteja errada ou mude de idéia ou volte amanha com alguma postagem, mas não se sabe. Ou isso pode ate acontecer, posso ate voltar amanha, porém no dia seguinte talvez não e iria se prolongar para uma semana, duas semanas, um mês, dois meses e depois eu voltaria com um texto similar a esse.

Viu como as coisas se tornaria repetitiva, chata e sem graça? Então porque devo continuar? Porque prolongar?

Faz 4 anos e 8 meses que tenho esse blog. Ainda me lembro de como comecei, o que me motivou a começar um do zero, como foi à escolha do nome e qual seria o primeiro nome. Lembro de quase todos os designers, daqueles que só mexia nas imagens ate aqueles em que comecei a mexer nos códigos. Lembro que eu ficava uma noite inteira criando alguma postagem, procurando imagens adequadas, lendo e respondendo todos os comentários. Conheci blogs maravilhosos e aprendi muito com cada um, infelizmente muitos desapareceram e outras voltaram depois algum tempo.

Tudo bem, isso não é um adeus e sim um ate logo. Não sei quando tempo vai levar, só sei que vou ter que encontrar minha vontade de escrever.

E antes que eu me esqueça, não vou fechar o blog. Ele continuara aberto, talvez eu use a pagina do blog ou não, mas caso isso não aconteça deixarei meu perfil aqui (mandem uma mensagem, porque ele é bloqueado).

E por fim... Nos vemos por ai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário